Como ter uma equipe que mantenha o padrão quando você não está na clínica? | Blog | Dicas para clínicas
Dicas para clínicas

Blog

Como ter uma equipe que mantenha o padrão quando você não está na clínica?

Segundo Valkenburg, Liderança é fazer o que é certo quando ninguém está olhando. Mas como alcançar este objetivo?

Vou exemplificar com a história de um profissional da saúde que atendi recentemente.

O Dr José é um cirurgião que tem seu consultório há muitos anos e uma equipe que o acompanha desde o início.

Ele reconhece a dedicação da equipe, mas está muito incomodado com alguns comportamentos como o uso do celular durante o trabalho, não usar o uniforme completo e ele adoraria que elas melhorassem sua apresentação pessoal com o uso da maquiagem, cabelo presos, mas não consegue cobrar isso, pois já são como da família.

A equipe conhece todos os clientes, sabe de cor as informações deles e ganham até presentes. Mas, por outro lado, são bem desorganizadas, não gostam de anotar, guardam tudo na memória, têm dificuldade com tecnologia e sempre colocam muitos empecilhos para qualquer mudança.

Então o que fazer? Será que é melhor trocar todo mundo? Como os clientes reagirão com esta mudança? Vale tentar um treinamento? Será que depois de tanto tempo uma pessoa consegue mudar?

Como desejar um ótimo desempenho de uma equipe que não foi treinada?  Como cobrar se as regras não ficaram claras?

Então, vamos lá! Anote aí o passo-a-passo para recomeçar esta reestruturação da sua equipe:

  1. Defina em conjunto com sua equipe as regras de comportamento e entregue-as por escrito: uso do uniforme, maquiagem, cabelo, unhas, utilização dos ambientes comuns, folgas, horas extras, uso do celular.... Obs: defina em conjunto. Quando você vai contratar alguém novo basta apresentar estas regras e pegar o aceite da pessoa, mas quando você já tem uma equipe é importante criar em conjunto este novo padrão, evitando atitudes de revolta.
  2. Levante todas as tarefas realizadas e crie uma ordem por prioridade. O que fazer em qual sequência. Ex: abrir a clínica e ligar os equipamentos. Separar as fichas. Confirmar agenda... Nem sempre o que é prioridade para você fica claro para sua equipe. Entendendo estas prioridades você também evitará pedir outras tarefas ao mesmo tempo.
  3. Faça reuniões para discutirem sobre os processos de maior dificuldade: Como será feita a cobrança? Quais as regras para encaixe? Como controlar os retornos?

Temos a tendência a evitar o que não sabemos fazer bem, por isso, a importância de procurarem juntos a melhor solução. Não será pelo tanto que você cobrar que os resultados irão melhorar, mas por vencerem os empecilhos juntos.

Pode parecer difícil, mas lembre que a mudança depende de você. Para que sua equipe apresente novos resultados ela precisa ser coordenada. Demonstre o esforço para implantar este novo padrão e a importância de cada um no atendimento ao cliente.

Convido você a participar do nosso Treinamento: Liderança e Gestão de Pessoas. Vamos abordar como contratar, dividir tarefas, avaliar, criar metas e premiar. Além do desenvolvimento da assertividade e liderança para conduzir sua equipe.

Te espero lá!

 

10/08 - Liderança e Gestão de Pessoas

Objetivo: formar uma equipe eficiente.

Local: Avenida Paulista, 2006 - 4º andar (com transmissão online para todo Brasil)

Horário: 9h às 18h com pausas para Coffee-break e almoço.

 

Profª Ms Gleice Oliveira

cursos@aconsultora.com.br

 

Clique e conheça nossos cursos sobre o assunto:
https://cursos.aconsultora.com.br/cursos-online-gravados-aconsultora/

Buscar

Posts Recentes